Confira entrevista com Colbie Caillat para a revista Tremblay

A matéria completa pode ser vista aqui. A seguir, uma tradução resumida…

O artigo começa lembrando que mesmo depois de quase dez anos de carreira, Colbie Caillat ainda consegue se manter na indústria. E classificam o The Malibu Sessions como uma nova era, justamente por romper com a gravadora e lançar de forma independente com o selo PlummyLou Records.

Colbie disse que está feliz porque o álbum está exatamente da forma que ela queria que estivesse e acredita que os fãs que a acompanham desde o início também vão ficar felizes porque ele lembra o álbum Coco.

Ela disse ainda que dias ensolarados são espetaculares e que desperta nas pessoas uma vida ativa e mais saudável… E claro, isso motiva ela. Ela reiterou que TMS é o álbum que ela mais cuidou de todos os detalhes. Ela deu exemplos: arte, capa e fotos ela escolheu junto ao Jason Reeves e o clipe de Goldmine, junto com o noivo Justin Young.

Ela informou que a primeira música composta para o TMS foi Gypsy Heart, que é a primeira faixa do álbum. Foi escrita há quatro anos com Jason Reeves e Mikal Blue.

A californiana disse que sua inspiração foi no álbum Graceland de Paul Simon e que quis gravar da mesma forma que o pai dela a aconselhou, com influencias no álbum do Fleetwood Mac – Rumours (que por sinal foi o pai dela que produziu). Seria algo com equipamentos e instrumentos vintages, um produtor, os mesmos músicos em todas as músicas – todos construindo as músicas juntos. Ela disse que foi exatamente assim que fizeram.

Algumas figurinhas carimbadas na construção do álbum: Jason Reeves, Justin Young, Toby Gad, Rune Westberg, John Shanks, Kara DioGuardi e Mikal Blue.

Novas colaborações para esse álbum: Danelle Reeves, Taylor Barett e Morgan Caillat (irmã da Colbie).

O processo criativo foi maravilhoso, porque escreveram as músicas cercados de lagos e praias na Califórnia e na ilha de Kauai.

Ela falou que trabalha muito nos preparativos da turnê acústica… todos os detalhes, da seleção das músicas até a escolha do ônibus que fará as viagens entre cidades. E disse que os fãs a ajudaram muito a ter amor em cantar ao vivo (porque ela morria de medo de palco). Mas disse que os fãs a deixam confortável e que saber que as músicas dela ajudam seus fãs a fortalece.

O TMS será lançado dia 7 de outubro e Colbie Caillat deseja que todos os fãs fiquem felizes com o novo álbum porque ela pensou em cada música pra cada momento das nossas vidas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s