Confira entrevista com Colbie Caillat para a revista Tremblay

A matéria completa pode ser vista aqui. A seguir, uma tradução resumida…

O artigo começa lembrando que mesmo depois de quase dez anos de carreira, Colbie Caillat ainda consegue se manter na indústria. E classificam o The Malibu Sessions como uma nova era, justamente por romper com a gravadora e lançar de forma independente com o selo PlummyLou Records.

Colbie disse que está feliz porque o álbum está exatamente da forma que ela queria que estivesse e acredita que os fãs que a acompanham desde o início também vão ficar felizes porque ele lembra o álbum Coco.

Ela disse ainda que dias ensolarados são espetaculares e que desperta nas pessoas uma vida ativa e mais saudável… E claro, isso motiva ela. Ela reiterou que TMS é o álbum que ela mais cuidou de todos os detalhes. Ela deu exemplos: arte, capa e fotos ela escolheu junto ao Jason Reeves e o clipe de Goldmine, junto com o noivo Justin Young.

Ela informou que a primeira música composta para o TMS foi Gypsy Heart, que é a primeira faixa do álbum. Foi escrita há quatro anos com Jason Reeves e Mikal Blue.

A californiana disse que sua inspiração foi no álbum Graceland de Paul Simon e que quis gravar da mesma forma que o pai dela a aconselhou, com influencias no álbum do Fleetwood Mac – Rumours (que por sinal foi o pai dela que produziu). Seria algo com equipamentos e instrumentos vintages, um produtor, os mesmos músicos em todas as músicas – todos construindo as músicas juntos. Ela disse que foi exatamente assim que fizeram.

Algumas figurinhas carimbadas na construção do álbum: Jason Reeves, Justin Young, Toby Gad, Rune Westberg, John Shanks, Kara DioGuardi e Mikal Blue.

Novas colaborações para esse álbum: Danelle Reeves, Taylor Barett e Morgan Caillat (irmã da Colbie).

O processo criativo foi maravilhoso, porque escreveram as músicas cercados de lagos e praias na Califórnia e na ilha de Kauai.

Ela falou que trabalha muito nos preparativos da turnê acústica… todos os detalhes, da seleção das músicas até a escolha do ônibus que fará as viagens entre cidades. E disse que os fãs a ajudaram muito a ter amor em cantar ao vivo (porque ela morria de medo de palco). Mas disse que os fãs a deixam confortável e que saber que as músicas dela ajudam seus fãs a fortalece.

O TMS será lançado dia 7 de outubro e Colbie Caillat deseja que todos os fãs fiquem felizes com o novo álbum porque ela pensou em cada música pra cada momento das nossas vidas.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s